Prefeitura de Caldas Novas realiza ato público para incentivar a amamentação

Categoria: Notícia, Saúde

A ideia é enaltecer o Agosto Dourado, mês de estímulo ao aleitamento materno

Nesta sexta-feira (18), a rede de atenção à saúde do município fará parte de uma ação promovida pela Prefeitura de Caldas Novas, através da Secretaria da Saúde, para pensar sobre a amamentação materna, tema da campanha nacional do “Agosto Dourado”, instituída este ano pelo Ministério da Saúde.

A ideia é convidar as mães do município para promover um ato em prol da amamentação, a fim de conscientizar sobre a importância do aleitamento materno para a saúde e criação de laços com os filhos. O evento vai acontecer na Praça Mestre Orlando, a partir das 15 horas.

“A proposta para o dia 18 é convidar mamães que amamentam e mobilizar toda a cidade, a fim de chamar a atenção para o tema quem vem sendo debatido por toda a sociedade. Não iremos protestar, apenas queremos mostrar que toda mãe deve amamentar seus filhos, onde e como ela quiser. Para isso, vamos reunir o máximo de pessoas. Estamos mobilizando mães, pais, filhos e todo o pessoal da Prefeitura. Queremos celebrar este ato de amor das mães para com seus filhos”, afirma a enfermeira Flavianny Kasbaum, da equipe do Nasf – Núcleo de Apoio à Saúde da Família.

O aleitamento materno é fundamental para desenvolvimento do bebê, trazendo inúmeros benefícios. Ele estimula a interação entre mãe e filho e ajuda no desenvolvimento motor e emocional. O leite materno é recomendado pela Organização Mundial da Saúde como único alimento da criança nos primeiros seis meses de vida e continuado até dois anos e mais, considerado o mais completo em termos de nutrientes necessários para a saúde do recém nascido.

O mês de agosto foi instituído recentemente como o Mês do Aleitamento Materno, sendo chamado de Agosto Dourado. O intuito do decreto federal é o de promover campanhas de conscientização sobre a importância do ato de amamentar.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Caldas Novas

Deixe uma resposta