Demae comunica rompimento de adutora e abre investigação sobre possível sabotagem de terceiros

Categoria: Notícia
Em 90 dias, nove rupturas foram detectadas
img-20161017-wa0025

Nesta segunda feira, 17 de outubro, o Departamento Municipal de Água e Esgoto convocou a imprensa para comunicar o novo rompimento na Adutora de Água potável da Caldas Novas. Segundo o Demae é a maior ruptura dos últimos anos. O diretor do Departamento, Milton Galvão afirmou que um processo de investigação foi aberto. “Pelo histórico da cidade, algo de anormal está acontecendo. Em 06 anos, apenas dois rompimentos haviam ocorrido, agora, em apenas 90 dias foram nove (09)”. Ele ainda informa que a cidade ficará sem água ate que a fissura seja solucionada e o sistema possa ser normalizado.

A investigação para saber a causa desses rompimentos já se iniciou no último mês. “Esperamos resolver o quanto antes essa questão. Caldas Novas não pode ficar sem água, os contribuintes não merecem passar por isso. Faremos de tudo para achar os motivos de tantos problemas, que vem ocorrendo. Se for ação de terceiros, vamos tomar as devidas providências, para que as autoridades competentes possam tomar frente e punir os possíveis culpados.” informou Milton Galvão

A cidade de Caldas Novas conta com duas adutoras. A mais antiga, construída em 1993, não tem apresentado problemas. A segunda, feita em 2006, não demonstrava histórico tão consecutivo de rupturas.

O Demae espera solucionar a falta de água até essa terça-feira, 18 de outubro.

img-20161017-wa0022

Deixe uma resposta