CREAS realiza campanha nacional ‘Faça Bonito’ em Caldas Novas

Categoria: Notícia
Evento faz parte do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
Campanha Nacional Faça Bonito (1)
 
Na próxima quinta-feira (18), acontece o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O objetivo da campanha é informar, sensibilizar, mobilizar e chamar atenção de toda sociedade para a gravidade do problema, além de convocá-la a se comprometer na luta em defesa dos direitos das crianças e adolescentes. 
 
Em Caldas Novas, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), com o apoio da Secretaria Municipal de Ação Social, realizará um ato público na Praça Mestre Orlando, no Centro, às 9h30.
 
Para o evento desta quinta, o CREAS está convidando todos, como família, escola, sociedade civil, poder público, instituições de atendimento, igrejas, veículos de comunicação da cidade, entre outros. A meta é fazer com que assumam o compromisso, no enfrentamento da violência sexual, promovendo e se responsabilizando pelo desenvolvimento de crianças e adolescentes de forma saudável e protegida. A programação contará com apresentação musical, danças, roda de capoeira, distribuição de panfletos e orientação à população.
 
Aos adultos, além da sua responsabilidade legal de proteger, de defender crianças e adolescentes, cabe o papel pedagógico de orientar e acolher, sisando superar mitos, tabus e preconceitos oferecendo segurança, para que as crianças possam se reconhecer como pessoa em desenvolvimento e se envolver coletivamente na defesa, garantia, e promoção dos seus direitos.
 
Em razão desse contexto, faz-se de extrema importância que o movimento de defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes se articule, se insira, participe e incida nesse debate, sobretudo, em função das grandes obras que já estão em curso no país.
 
Dayana Gonzaga, diretora do CREAS em Caldas Novas ressalta a importância do envolvimento de todos os setores. “Queremos também elevar a responsabilidade do poder público e da sociedade na implementação do Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, na garantia da atenção aos jovens e suas famílias, por meio da atuação em rede, fortalecendo o Sistema de Garantia de Direitos indicado no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA – Lei Federal 8.069/90).”
Fonte: Secretaria de Comunicação de Caldas Novas (Secom)

Deixe uma resposta