Com um mês repleto de eventos, Caldas Novas espera receber até 700 mil turistas

Categoria: Notícia, Turismo

Imagens Caldas Novas (4)

Neste mês de julho, a cidade de Caldas Novas costuma receber um grande volume de turistas. As férias escolares e os festivais musicais nos clubes devem trazer, até o início do mês de agosto, cerca de 700 mil visitantes, de acordo com a Secretaria Municipal de Turismo, que também salienta que a maior parte vem de Brasília, Triângulo Mineiro, Goiânia e interior do Estado.

Boa parte desses visitantes virão para aproveitar as águas quentes e os eventos que acontecerão no mês de julho. Grandes artistas do cenário musical irão se apresentar na cidade, ao longo do mês. Nomes como Marília Mendonça, Wesley Safadão, Bruno e Marrone, Anitta e muitos outros se apresentarão em um Festival nos dias 21 e 22 de julho. O público ainda poderá ver outros importantes artistas da música sertaneja e do cenário pop, que ao longo dos finais irão cantar. João Neto e Frederico no dia 15; Cidade Negra dia 22; e as duplas Bruno e Barreto, e Kleo Dibah e Rafael no dia 29. São apresentações privadas, coordenadas por clubes da cidade.

Segundo a Secretaria de Turismo, um dos fatores que apontam para essa busca por Caldas Novas é o investimento de empresas na cidade. “Além desses festivais de música, é notório ver que grandes redes hoteleiras, Hipermercados e as maiores marcas de Fast-food se instalaram aqui, por perceber a visibilidade e a confiança que o município conquistou nos últimos anos”, afirmou o Secretário, Ivan García.

“Recentemente a empresa aérea Gol colocou Caldas Novas na rota da maior aeronave, em atividade comercial. São mais de 170 passageiros chegando toda semana. Isso pode gerar um crescimento exponencial de público, tendo vista que o voo vem de Congonhas, São Paulo. Um aeroporto internacional, que através dessa aeronave, está conectando Caldas Novas para todo o país e o mundo”, reforçou Ivan García.

Imagens Caldas Novas (5)

Fonte: Secretaria de Comunicação de Caldas Novas

Deixe uma resposta