Biblioteca Municipal realiza evento em comemoração ao  seu 42º aniversário

Categoria: Educação, Notícia

Apresentações artísticas, depoimentos de leitores e presença da Academia de Letras e Artes de Caldas Novas marcaram a data

A Biblioteca Pública Municipal Profº Josino Bretas, realizou na tarde dessa quarta-feira, 31 de janeiro, as comemorações de seu 42º aniversário. Durante ato solene, convidados de diversos segmentos sociais estiveram presentes para prestigiar a homenagem à instituição.

O evento contou com a presença de muitos convidados que direta e indiretamente mantém vínculo com a biblioteca. Nas apresentações artísticas o poeta e escritor Cristiano Luiz de Jesus apresentou um poema sobre o leitor. Kamilly Barcellos de 10 anos interpretou letras que se consagraram em 2017, como o sucesso “Era uma vez” de Kell Smith. Já o cantor Jales Castro, também de Caldas Novas, interpretou repertório de sua própria autoria, no gênero MPB contemporâneo mesclado com estilo de canções regionais.

Helena Carvalho, diretora da biblioteca agradeceu a presença dos convidados e realizou entrega de certificados para os membros da Academia de Letras e Artes de Caldas Novas (ALACAN) e leitores assíduos da instituição.

“Uma biblioteca pública é um patrimônio de toda população. Há dois anos e meio quando assumi o compromisso de conduzir esse trabalho, procurei e procuro sempre trazer as pessoas para conhecer, participar de forma ativa no dia a dia da biblioteca. Agradeço aos leitores, aos apoiadores de nossas iniciativas, como o Hotel CTC, a UEG, as unidades escolares e também a ALACAN”, disse Helena.

A professora de ensino superior da UEG, unidade de Caldas Novas, Mírian Bizzoto endossou a importância do trabalho da bibliotecária Helena e da Biblioteca Pública para uma cidade.  Segundo ela, uma cidade sem biblioteca pública é “uma cidade sem alma”, comparou a professora.

Gabriela Azeredo, secretária de Cultura, escritora e membro da ALACAN, fez um depoimento pessoal de sua relação com os livros e a biblioteca: “Nos últimos anos tive que mudar de casa para um apartamento, e por isso, tive que abrir mão de muitos livros. Escolhi a Biblioteca Josino Bretas para destinar parte de meu acervo. Desta forma, creio estando aqui, essas obras também podem ser utilizadas por muitos leitores, assim como  foi útil a mim a leitura de alguns livros,” explicou Gabriela.

Deixe uma resposta